rss

ESTRATÉGIAS ARTICULADORAS DAS TICs NA SALA DE AULA PELOS ASPECTOS ADMINISTRATIVOS E PEDAGÓGICOS DA ESCOLA: UMA REFLEXÃO.


A sociedade exige que a escola revele mudanças de atitude e de concepção de educação no tocante a esta nova forma de aquisição de conhecimentos que está acontecendo advinda das tecnologias midiáticas que gradativamente estão sendo inseridas no contexto escolar através de projetos que objetivam construir alunos/sujeitos com características inerentes desta época marcada pelo avanço das tecnologias bem como pela inserção das mesmas em todos os setores da vida humana: trabalho, educação, saúde, segurança, lazer e etc. Isto consequentemente produz transformação no que se refere às formas de produzir, e armazenar informações e conhecimentos articulados por meio da TICs.
A escola é desafiada a experimentar novas idéias, articular novos conceitos e práticas administrativas e pedagógicas de gestão das mídias com atividades voltadas para resolver as problemáticas da realidade social em que está inserida. Percebe-se que inserir as mídias na escola não é uma responsabilidade exclusiva do professor, mas sim de todos os componentes responsáveis para que a escola funcione, então é importante que os gestores comprometam-se com a superação deste novo desafio. Tem que se pensar que os aspectos pedagógicos e administrativos da escola não são duas ilhas sem possibilidades de acessos entre elas. Há de se construir pontes que permitam este acesso, para que se integrem, troquem experiências, encarem os problemas, aprendam dialogando, desenvolvendo novas competências e habilidades. Nesta perspectiva os membros da escola: pedagógicos e administrativos; docentes e discentes tem a oportunidade de promover e partilhar desenvolvimento, integração através comunicação, da busca de alternativas pedagógicas por meio de projetos que favoreçam a participação de todos e a transformação da realidade.
Tratar de “estratégias que podem ser utilizadas para integrar o uso das TICs de forma articulada entre os aspectos pedagógicos e administrativos” engloba o pensar na promoção de uma gestão democrática, participativa, comprometida com a troca de experiências que favoreça a colaboração de todos construindo elos que compõem a tessitura da dinâmica da escola atual. Esta nova dinâmica escolar pode e deve ser construída com as ferramentas tecnológicas especialmente o computador e suas diversas possibilidades de utilização compartilhadas socialmente como: emails, blogs, orkuts, hipertexto, são páginas e páginas na internet que funcionarão como portas para que todos os membros da comunidade escolar não só pesquisem e registrem suas produções, mas, sobretudo comuniquem-se, compartilhem experiências, expectativas, objetivos, avanços, retrocessos. São inúmeras possibilidades de mudanças que podem ser articuladas em parcerias pelos articuladores dos processos pedagógico e administrativos e que despertam a curiosidade e incitam a construção e reconstrução de uma prática que supere o trabalho fragmentado e promova o trabalho colaborativo. Todos estes fatores aliados melhoram o trabalho dos gestores, dos professores e ajudam o aluno a construir sua própria história de forma diferenciada, dinâmica traçada a partir de diversos olhares e diferentes instrumentos tecnológicos.
As conexões proporcionadas pelas mídias modernas são alternativas viáveis se utilizadas de forma séria, responsável, crítica e criativa para promover aprendizagens significativas que envolvam toda a comunidade escolar. Porém a tecnologia sozinha nada faz. O professor sozinho nada faz. O gestor sozinho nada faz. É preciso que professores e gestores, administrativos e pedagógicos se unam nesta empreitada, com espírito de equipe, construindo novas redes de relações na escola em busca de estratégias condizentes com o avançar das tecnologias, da sociedade e da educação. Certamente isto não acontecerá da noite para o dia ou como num passe de mágica, mas acontecerá um pouquinho a cada dia se todos os envolvidos na escola adquirirem a compreensão de que mudanças se fazem necessárias no contexto atual e elas acontecerão a partir da atuação positiva de cada um que faz parte do processo.

Altina Costa Magalhães

Estratégias Articuladoras das TICs na sala de aula: uma reflexão. publicado 1/12/2010 por Altina Costa Magalhães em http://www.webartigos.com

Fonte: http://www.webartigos.com/articles/53487/1/Estrategias-Articuladoras-das-TICs-na-sala-de-aula-uma-reflexao/pagina1.html#ixzz1D202ltON

0 comentários:

Postar um comentário

Deixe seu recado para a EEB Leopoldo Jacobsen!