rss

 

PALESTRANTES JAIR E MAICON  DA USINA SALTO PILÃO.




         
Rio Itajaí Pede Nossa Ajuda” é uma campanha de educação ambiental que está sendo coordenada e realizada pela Usina Salto Pilão com o objetivo de alertar a sociedade para o degradante quadro de agressões que sofre rio Itajaí -Açu – que compõe a maior bacia hidrográfica de Santa Catarina – na região do Alto Vale.
 Busca, também, despertar a consciência pela conservação e, com ações, busca auxiliar na mudança desta triste realidade de uso dos nossos recursos hídricos.
A campanha atingirá, até outubro de 2013, a comunidade (população em geral, entidades e estudantes) de 10 municípios banhados pelas águas do rio Itajaí do Sul, do Oeste e do Itajaí-Açu.
Durante a campanha, são distribuídas cartilhas didáticas sobre os cuidados com a água e o lixo, folders, afixação de cartazes, exibição e doação de vídeo-documentário que retrata as condições atuais do rio, além de palestras e dinâmicas com estudantes.
Como é evidenciado na campanha, o rio Itajaí surge da água cristalina que brota da terra em nascentes no coração do Estado.  
Até o encontro com o mar, o rio Itajaí–Açu percorre centenas de quilômetros colecionando toda sorte de agressões.
No Alto Vale, onde insere-se a Usina Hidrelétrica Salto Pilão, a poluição ocasionada pelo lançamento indiscriminado de lixo, esgoto e agrotóxicos, além da destruição das matas nas margens e a ocupação irregular do solo são os principais exemplos de descaso com o Rio Itajaí-Açu.
A Comunicação Social da usina realizou, durante 30 dias, uma expedição em 190 quilômetros do rio e registrou em amplo banco de imagens e relatórios, o quadro de agressões que este grande curso d´água catarinense sofre.
Em algumas cidades da região chega a ser chocante a quantidade de lixo – garrafas pet, isopor, sacolas plásticas, entulhos, colchões velhos, pneus que levarão anos para se decompor – lançado nos fundos das residências e que descerá para dentro do rio na próxima chuva.
Esse lixo, que entope bueiros e galerias de águas pluviais, provocando enchentes desastrosas na época de chuvas intensas também prejudica a geração de energia na Usina Salto Pilão. 
Em época de rio cheio, são retirados das grades da Usina, cerca de dois caminhões de lixo por semana, sem considerar o que passa por cima da barragem!


VAMOS NOS CONSCIENTIZAR E CUIDAR DO NOSSO RIO!

0 comentários:

Postar um comentário

Deixe seu recado para a EEB Leopoldo Jacobsen!